sexta-feira, 27 de abril de 2012

Da Fonte ao Vale..

Boa tarde.
Aproveitei umas horas ao inicio da tarde para um passeio pedestre, entre a Fonte da Felicia e o Vale dos Pirilampos, foram duas horas agradaveis nas quais fiz algumas fotos que vou publicar certamente nos próximos dias, o sol estava bastante alto, a luz dura e sombras em excesso.. De realçar que perdi a conta ao numero de árvores que se encontram derrubadas, o que outrora era uma ribeira limpa e uma mata densa começa a descompor-se, não deveriamos fazer algo?

Deixo duas das fotos que tirei:

Arvores..

Macro

2 comentários:

  1. Olá Ricardo.

    Relativamente às árvores derrubadas e a decompor-se, não se trata de um problema grave: a generalidade das árvores que ladeiam a ribeira têm mais de 100 anos e como as árvores também não são imortais, estão apenas a atingir o seu limite de vida. As margens da Ribeira de S. Pedro são uma das poucas zonas da nossa mata não exploradas comercialmente (pois o corte daquelas árvores poderia por em causa a estabilidade das encostas), assim, elas seguem o seu ciclo natural de crescimento, morte e decomposição. Nos dias de hoje é tão raro isso acontecer que nos parece estranho mas esse é, realmente, o processo mais natural e saudável. Imagina só quantos animais se alimentam das árvores em decomposição ou ali arranjam abrigo, não o podendo fazer noutros locais. Conforme estas árvores centenárias vão morrendo, outras jovens lhe irão ocupar o lugar (e nem precisam ser plantadas pois há centenas delas à espera de uma oportunidade), pelo que a beleza deste vale está garantida nas próximas gerações.
    Um problema bem mais grave é a proliferação de espécies infestantes (as acácias uma vez mais), que ocupam o solo com uma tal ferocidade que impedem o crescimento de qualquer outra espécie...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Carlos, o teu comentário foi o primeiro deste blog (ninguem liga nenhuma aos blogs parece-me), nunca tinha de facto visto as coisas por esse prisma, quer dizer, eu sei que muitas espécies se apoderam dos troncos mortos, mas ao ver tanta arvore caída na mesma zona e áreas onde era densa a vegetação e agora já deixa passar o sol, deixou-me preocupado..

      Eliminar